domingo, 26 de novembro de 2017

RESENHA LIVRO VIAJANTE - O GAROTO QUASE ATROPELADO


Título: O garoto quase atropelado
Autor: Vinicius Grossos
Editora: Faro Editorial
Ano: 2015
Páginas: 272

Sinopse: Uma história inesquecível sobre adolescentes que escolheram acreditar no que sentiam. Você vai se emocionar" - Bruna Vieira, autora do Depois dos quinze.

Um garoto sofreu com um acontecimento terrível.

Para não enlouquecer, ele começa a escrever um diário que o inspira a recomeçar, a fazer algo novo a cada dia.
O que não imaginou foi que agindo assim ele se abriria para conhecer pessoas muito diferentes: a cabelo de raposa, o James Dean não-tão-bonito e a menina de cabelo roxo, e que sua vida mudaria para sempre!
Prepare-se para se sentir quase atropelado de uma forma intensa, seja pelas fortes emoções do primeiro amor, pelas alegrias de uma nova amizade ou pelas descobertas que só acontecem nos momentos-limite de nossas vidas.
Estar vivo e viver são coisas absolutamente diferentes! (Skoob)


Resenha: Sabe aquele livro que vem cheio de recomendação de uma amiga muito querida? 
Este foi um destes quando minha amiga Leila comprou ela estava pensando em mim, segundo ela mesma disse.
Ela leu primeiro (eu não sou ciumenta) para depois me enviar o livro como um presente de aniversário. Entre a compra dela e o envio eu pude conhecer o autor na Bienal de Contagem. Ele é uma simpatia, super educado e atencioso, atá comprei o livro dele com outros autores (O verão que tudo mudou).

Mas eu realmente ainda não sabia o que esperar deste livro, mas eu terminei ele me sentindo como "Uma garota quase atropelada".
O Vinícios narra com muita delicadeza um intervalo de tempo de de 30 dias e tudo o que aconteceu com o "O garoto quase atropelado", que passaremos a chamar apenas de OGQA, através das anotações feitas em  seu diário.
O diário começou a ser escrito como uma forma de terapia sugerida pela psicologa que o acompanha após o OGQA ter sofrido uma grande trauma, que não posso revelar para não dar spoiler.
Curioso é que logo no inicio o autor já avisa que este personagem não terá um nome, mas você se sente tão próximo dele que é quase como se você fosse o personagem.

Durante os 30 dias narrados a vida do OGQA irá mudar drasticamente. Após realmente ser quase atropelado, ao sair para dar uma volta de bicicleta, ele irá conhecer os três personagens Lais (ou cabelo de raposa), Acácio (o James Dean não-tão-bonito) e Natália (a menina do cabelo roxo).

"Os três demonstravam viver uma vida de coragem, liberdade e felicidade, mas, no fundo, estavam tão perdidos quanto eu."

Os três criam uma elo de amizade que transforma a vida deles, mas será com Laís que a historia será mais intensa. Nosso OGQA se apaixona por ela.

"Mas eu não quero partir corações, Laís. Eu só quero um coração e que ele me queira também, e que cuidemos um do outro justamente para não nos partirmos."

Eu fiquei emocionada, triste, e muitas vezes chocada, o autor trata temas polêmicos e difíceis de lidar porém atuais e necessários para esta geração. 
Uma historia sobre relacionamento familiar, amigos, bullyng, preconceito, aceitação, amor. 
O autor é sensível mas não passa por cima tentando suavizar os dramas, muito pelo contrario nos temos tanta certeza de que os acontecimentos podem ser reais que talvez este seja o motivo do livro ter me impactado tanto.

Outra coisa muito legal é que durante o livro o personagem central lê três livros:
Admirável mundo novo - Aldou Huxley
On the Road - Pé na estrada - Jack Kerouac
O apanhador no campo de centeio - Jerome David Salinger

Outro ponto auto e a Playlist do livro, que também tem otimas musicas.

Ele foi um presente que ganhei no meu aniversário, e virou meu viajante para que eu possa compartilha-lo com meus amigos. 
Espero que eles tenham e vivam as mesmas emoções que eu senti ao ler.

Acompanhe a viagem deste livro por todo o Brasil e como cada viajante vai reagir a ele.

Beijos

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA

A data foi instituída no Brasil em 2003, e virou lei em 2011 é uma homenagem a Zumbi dos Palmares, que morreu em 20 de Novembro de 1695. Zumbi era um líder quilombola que lutava contra a escravidão no Brasil no período colonial. Lutou até a morte pela libertação do povo negro.

Um povo que luta até hoje para ser reconhecido como gente de respeito, que luta até hoje por cargos públicos e privados melhores, não pela sua cor, mas por competência e merecimento.

O preconceito no Brasil ainda é muito latente, vemos ainda hoje as cadeias lotadas em sua grande maioria por negros, o trato da polícia e do Poder Judiciário com o povo negro é diferente, nas abordagens policiais é comum ouvir o termo “você é preto e favelado”. Em pleno século 21 é inadmissível  termos atitudes desse tipo com conotação racista, de termos atitudes raciais por conta da cor da pele.

Somos humanos, todos iguais, como os mesmos potenciais, mesmos desejos, mesmos sonhos. Não deveríamos julgar uma pessoa pela cor de pele, mas sim pelo caráter, pela ética, pela competência com que desenvolve suas habilidades. O que nos torna humanos são os sentimentos e não a cor de pele.


E não me venham com esse papo de que não há preconceito de cor, pergunte aos negros de comunidades carentes como eles são tratados quando procuram empregos, procuram uma boa escola, como são tratados pela polícia na rua, os olhares de reprovação em espaços públicos, pergunte. A resposta será sempre a mesma, ao menos uma vez já passaram por uma situação de que se sentiram reprovados pela cor da pele.

Quantos relatos ouviram na televisão sobre injúrias raciais contra pessoas negras como Taís Araújo, Maria Júlia Coutinho, Cris Viana, Glória Maria....

Quantas reportagens com relatos de ofensas em supermercados, em clubes e parques por gente bem instruída como juízes, advogados, médicos, e pessoas comuns também. Agora recentemente uma mãe não queria que a filha tivesse aula em um colégio, pois a professora era negra. E um conceituado jornalista com declarações racistas.

Não há mais espaço para esse tipo de atitude nesses tempos, somos um povo miscigenado, com várias culturas entranhadas em nossa raiz, com variadas línguas e cores. Com influência de negros africanos, asiáticos, árabes, europeus e cada um contribuiu com alguma coisa para o crescimento dessa nação.


O povo negro contribuiu muito para o desenvolvimento do Brasil e da América, participando da construção, de guerras, inovações em alimentação, na música, nas artes.

Esta data deveria ser comemorada e de homenagear, de dizer obrigado. Mas a data continua sendo de luta, assim como Zumbi, o povo negro ainda enfrenta batalhas por um mundo mais igualitário, mais justo, mais humano.

Temos que acabar com esse tipo de racismo, de não tolerar mais atitudes que denigrem a raça negra. Temos que melhorar muito como seres humanos, aprimorar muito nosso amor ao próximo, amar e respeitar as condições humanas de cada um, respeitando as diferenças culturais e religiosas.

Viva o povo negro, obrigado pelo que vocês contribuem com nossa sociedade. Continuem fazendo a diferença. Sejam bem vindos sempre.

Livros:





“Na Minha Pele” Lazaro Ramos /2017



“O Sol é para Todos” Harper Lee/ 1960, em 1963 foi transformado em filme pelo diretor Robert Mulligan







“Tempo de Matar” John Grisham /1988, em 1996 foi transformado em filme pelo diretor Joel Schumacher







“O Mulato” Aluísio Azevedo /1881








Filmes:
Crash - No limite = Direção Paul Haggis de 2005

Amistad = Direção Steven Spielberg de 1997

Estelas Além do Tempo = Direção Theodore Melfi de 2017 

Leia um pouco mais sobre o tema no artigo:

Por que ninguém liga para o maior atentado terrorista desde o 11 de setembro?

Abraços, até a próxima...

terça-feira, 21 de novembro de 2017

CONSCIÊNCIA NEGRA - INDICAÇÃO DE LIVROS

Boa Tarde, Amores.
Fonte: Google Imagens
Hoje vim apresentar algumas leituras, onde temos personagens negros como protagonistas, em "comemoração" a consciência negra.
O tema foi sugerido pela amiga Jussara Ferreira, e decidi embarcar nessa, porque tenho muito orgulho de ser descendente de negros, embora minha pele tenha menos melanina, e seja considerada parda ou morena, mas tenho meu cabelo enrolado ou crespo como chamam, e tenho muito orgulho dele. 
Conforme  o site Terra o dia da Consciência Negra, é comemorada nacionalmente no dia 20 de novembro. Essa data é para lembrar o Negro Zumbi, que era líder do Quilombo dos Palmares, que foi assassinado por tropas Colonias em 1695, essa representação ganhou força a partir de 1978, quando surgiu o Movimento Unificado no Pais, que transformou a data em nacional. 
Fonte: Pintura retrata o herói nacional Zumbi dos Palmares. Terra, 2013.
Segundo Queiroz (2011), historiadora da Fundação Cultural Palmares, diz que "a data é uma forma encontrada pela população negra para homenagear o líder na época dos quilombos, fortalecendo assim os mitos e referências históricas da cultura e trajetória negra no Brasil."
Além de lembrar de Zumbi, líder e considerado herói nacional, também é a conscientização contra o RACISMO, e nesse dia é realizado diversas atividades.
Estamos em pleno século XXI, mas por incrível que pareça, ainda vemos muitos casos de racismo, onde o negro sofre preconceito por causa de sua cor.
E é algo que vemos também na literatura, são poucos os livros que tem na capa ou personagens principais que são negros, então para lembrar está data importante para nós brasileiros, que somos um mistura, apresento alguns livros que conheço e alguns lido que tem personagens negros em destaque, são eles:


Fonte: Skoob
Sinopse: Jack tem prosopagnosia, uma doença que o impede de reconhecer o rosto das pessoas. Quando ele olha para alguém, vê os olhos, o nariz, a boca… mas não consegue juntar todas as peças do quebra-cabeça para gravar na memória. Então ele usa marcas identificadoras, como o cabelo, a cor da pele, o jeito de andar e de se vestir, para tentar distinguir seus amigos e familiares. Mas ninguém sabe disso — até o dia em que ele encontra a Libby. Libby é nova na escola. Ela passou os últimos anos em casa, juntando os pedaços do seu coração depois da morte de sua mãe. A garota finalmente se sente pronta para voltar à vida normal, mas logo nos primeiros dias de aula é alvo de uma brincadeira cruel por causa de seu peso e vai parar na diretoria. Junto com Jack. Aos poucos essa dupla improvável se aproxima e, juntos, eles aprendem a enxergar um ao outro como ninguém antes tinha feito


Juntando os pedaços da autora Jennifer Niven, retrata Libby uma personagem gorda e negra que enfrenta a volta a escola, depois de ser apresentada ao mundo como a adolescente mais gorda do país, mas a mesma dar uma reviravolta ao mostrar seu empoderamento. 


Fonte: Skoob
Sinopse:"Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não saio de casa. Nunca saí em toda minha vida. As únicas pessoas que já vi foram minha mãe e minha enfermeira, Carla. Eu estava acostumada com minha vida até o dia que ele chegou. Olho pela minha janela para o caminhão de mudança, e então o vejo. Ele é alto, magro e está vestindo preto da cabeça aos pés. Seus olhos são de um azul como o oceano. Ele me pega olhando-o e me encara. Olho de volta. Descubro que seu nome é Olly. Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre."


Já no livro Tudo e todas as coisas da autora Nicola Yoon, temos uma personagem que no inicio se mostra frágil, mas que ao descobri o primeiro amor, acaba criando coragem para embarcar numa aventura e descobrindo algumas verdades escondidas dela. 


Fonte: Skoob
Sinopse: Valdar é um mundo vasto e antigo, um universo habitado por povos profundamente diferentes entre si, que, ao longo dos séculos, foi sendo delineado pela beleza de suas civilizações e pela terrível e ancestral violência de suas guerras. Nessa impetuosa mistura de destinos de Valdar, a vida do jovem soberano Manatasi parece transcorrer ao largo dos grandes eventos que forjam a história do lugar. Porém, tudo está a ponto de mudar. A conclusão da construção de Kemyss, a babélica cidade da esperança, faz com que o Príncipe inicie uma jornada rumo aos majestosos muros da cidade, e, assim, dará início a uma grande viagem de descoberta. Manatasi deixa para trás suas florestas junto a Sirasa, fiel xamã de espírito irrequieto, e passará por aventuras e batalhas durante seu caminho. O Rei Negro é, ao mesmo tempo, uma saga fantástica tradicional, impulsionada pela força magnética e irrefreável de seu protagonista – primeiro herói negro do universo fantástico –, bem como um desafio literário novo.

Esse livro ainda não li, mas realizei a pesquisa para esse post, e fiquei encantada com a sinopse, entrou para minha lista infinita. rsrs


Fonte: Skoob
Sinopse: Dois irmãos, ligados por algo maior que o laço de sangue, lutam para evitar um destino brutal. Trez "Latimer" não existe de fato. E não só porque essa identidade foi criada para que o Sombra pudesse viver no mundo humano. Trez fugiu de sua prisão no palácio dos Sombras há anos, e agora vive em Caldwell como cafetão, sempre tentando evitar seu fatal destino como escravo sexual da rainha. Ele nunca teve em quem confiar de verdade... a não ser no irmão, iAm.  O único objetivo de iAm sempre foi impedir que o irmão de autodestruísse, e ele sabe que fracassou nisso. Só depois que Selena, uma Escolhida, entra na vida de Trez, é que o macho começa a dar a volta por cima; porém, é tarde demais. Chegou a hora de cumprir a profecia de se compromissar com a filha da rainha, e Trez não poderá fugir ou se esconder, e não há como negociar. Encurralado entre o desejo de seu coração e um destino que nunca aceitou, Trez deve decidir se põe a si mesmo e aos outros em perigo, ou se esquece para sempre a fêmea amada. Após uma tragédia inimaginável, da beira do seu abismo emocional, Trez precisará encontrar um motivo para continuar ou se arriscará a perder tudo, inclusive a alma. Será que iAm, em nome do amor fraterno, aceitará realizar um derradeiro sacrifico em lugar do irmão?

Ahh essa série de livros, que eu amo muito, embora ainda falte ler esse livro, conheço bem os dois personagens desse livro, devido os livros anteriores, o qual o dois aparece e temos uma visão de como eles são, onde a união da família, vem em primeiro lugar.


Fonte: Skoob

Sinopse: Filho de um dos quatro deuses de Kurgala, Adapak vive com o pai em sua ilha sagrada, afastada e adorada pelas diferentes espécies do mundo. Lá, o jovem de pele absolutamente negra e olhos brancos cresceu com todo o conhecimento divino a seu dispor, mas consciente de que nunca poderia deixar sua morada.Ao completar dezenove anos, no entanto, isso muda.

Testemunhando a ilha ser invadida por um misterioso grupo de assassinos, Adapak se vê forçado a fugir pela vida e se expor aos olhos do mundo pela primeira vez, aplicando seus conhecimentos e uma exótica técnica de combate na busca pela identidade daqueles que desejam a morte dos Deuses de Kurgala.



Esse livro tem uma história interessante, embora seja um pouco confuso no inicio de entende-lo, mas é um mundo novo que foi criado pelo autor nacional Affonso Solano, e que vale a pena ler.


Fonte: Skoob
Sinopse: "Luíza é uma advogada bem-sucedida que busca crescer mais a cada dia, sem abandonar seu principal objetivo: ajudar pessoas.
Ela sabe o quanto precisou lutar para conquistar sua posição e valoriza muito sua vida profissional.André é um paisagista apaixonado pela natureza e pela vida.Apesar das mágoas causadas por um casamento fracassado, ele ainda acredita que o amor está por aí, esperando para germinar, como as sementes de suas flores.
Luíza se fechou para o amor.André tem o amor na ponta dos dedos.Quando seus caminhos se cruzam, cabe a Luíza escolher se deve se abrir e a André aceitar ou não a proposta que vai mudar a vida de ambos para sempre.Mas antes ele precisa decidir até que ponto iria para salvar sua família.'Em suas mãos' conta a história de um amor improvável e ao mesmo tempo destinado a acontecer."


Esse é um conto da autora nacional Bianca Briones, é pequeno então dar para ler em algumas horas, mas tem uma história linda, onde duas pessoas tenta abrir o coração para o amor. E o interessante dessa história, é que a Luíza, mesmo sendo negra, não mostrar esse lado de preconceito, mas sim sua luta por se tornar uma advogada cada dia melhor.

Então galera é isso, que tinha para mostrar para vocês hoje, espero que tenham gostado das dicas e que nesse dia da consciência negra, possamos ver que somos todos iguais. 
E ai vocês já leram ou conhece algum livro que tenha algum personagem negro, me indica aí.

Beijos e até mais!!!


quinta-feira, 16 de novembro de 2017

NOVEMRO AZUL

Resultado de imagem para novembro azul
Dia 17/11 é o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata

Estamos em Novembro, mês da camanha de combate ao câncer de próstata. Conscientizar os homens sobre esse tratamento é muito difícil, pois vai de uma cultura de os homens cuidarem pouco da saúde, só ir ao médico quando estiver muito mal e principalmente o receio de ser tocado por outro homem, mesmo sendo um médico.

O câncer de próstata é o segundo tipo que mais mata entre os homens, só perde para o de pulmão. Recomenda-se que a prevenção seja feita a partir dos 45 anos se existir casos de câncer na família e a partir dos 50 anos se não existirem. O homem deve procurar um Urologista anualmente e realizar o exame de toque retal e de PSA, principais meios de detectar a doença precocemente, quando as chances de cura são maiores e o tratamento menos invasivo.  O exame de toque dura apenas 10 segundos e pode salvar uma vida inteira. O exame de toque tem com objetivo analisar a consistência da próstata, o tamanho e se existem lesões.

Homens se conscientizem do tratamento, pois famílias perderam e perdem seus pais, avôs, maridos, filhos, amigos, por causa do receio de ser motivo de chacota e piadas de pessoas que geralmente não estão preocupadas com seu bem-estar. Quando acontece algum problema com sua saúde é sua família que se importa e essas pessoas não estão nem aí para você.
Filhos ficam órfãos por causa de uma cultura preconceituosa de outros homens imaginarem que ao ser tocado por outro homem ele se tornará homossexual.
Cuidem-se, sobrevivam, vivam. A vida tem muitos prazeres a serem aproveitados por vocês. Ver o s filhos crescerem, formar uma família, ter netos. Aproveitar uma boa pescaria. Bater uma bolinha com os colegas, curti as delícias de estar ao lado de uma mulher.

Mulher adora homem que se cuida, que se valoriza meu amigo. E para procurar um médico não é necessário falar para ninguém e só agendar num dia mais tranqüilo. Oriente seus filhos o quanto é importante cuidar da saúde, pois quando um ente querido tem problemas à família sofre junto. A vida tem muito a oferecer, muito a te dar. Basta você cuidar para não perder as oportunidades.
Mudar hábitos de vida também proporciona mais longevidade: mais esportes, melhorar a alimentação, cortar definitivamente o fumo de sua vida, menor consumo de bebida alcoólica, mais passeios, ler bons livros.
Se cuidar é dar o prazer de sua companhia por mais tempo as pessoas que você ama. Então se cuide, se ame, viva.

Troque o drama por comédia, gente chata por chocolate e mau humor por amor”

Práticas saudáveis:
  • Uma alimentação mais saudável;
  • Pratica de exercícios físicos: futebol, caminhada, andar de bicicleta...
  • Eliminar o fumo da sua vida;
  • Menor consumo de bebida alcoólica;
  • Mais passeios ao ar livre;
  • Uma boa pescaria;
  • Leitura de bons livros;

 Músicas:



Filme:
“Antes de partir” de 2007/ Direção de Rob Reiner com Jack Nicholson e Morgan Freeman

Por um mundo menos preconceituoso e mais saudável.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

DICA DE LEITURA INFANTIL


Hoje a dica de leitura e para os pequenos e está muito especial porque são as leituras dos meus filhos.
A primeira dica é do Samuel que tem 7 anos e quer indicar um livro bem fofo.

Livro: Era uma vez um cão
Autora: Adélia Carvalho
Ilustrações: João Vaz de Carvalho
Editora: Canguru
Ano: 2012
Paginas: 24

Uma criança pede ao pai para lhe contar a história de um cão. Mas ele não sabe histórias de cães e por isso começa a propor histórias com outros animais. (Skoob)



Sabe aquele dia que você quer contar uma história para seu filho mas nunca é a história que ele quer ouvir?

Pois é o pai tenta várias histórias, mas o filho só quer a história do cão.
As ilustrações são lindas.

Mas vamos ver o que o Samuel achou.


A segunda dica do dia é da Julia. E como toda menina ela ama princesas, até as revoltadas.


Livro: A revolta das princesas
Autora: Céline Lamour-Crochet
Ilustrações: Lisbeth Renardy
Tradução e Adaptação: Clara A. Colotto
Editora: Saber e ler
Ano: 2013
Paginas: 30

As princesas dos contos de fadas dão seu grito de revolta: – Chega! Em todos os contos, elas fazem tudo, suportam, sem se queixar, as bruxas malvadas, passam por provações inimagináveis...
Mas, desta vez, acabou!
As princesas vão se emancipar! (Skoob)


Bora pro video ver o que a Julia achou.



Este livros fazem parte do acervo da biblioteca da escola onde eles estudam, ferecido pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) e como é uma escola publica pode ser que você também encontre ai na sua escola.
Se você gostou deixa seu comentario que a gente vai fazer outros.

Big Beijos.

Jussara, Julia e Samuel.



terça-feira, 7 de novembro de 2017

SANEAMENTO BÁSICO

http://cantinholiterariososriosdobrasil.files.wordpress.com/2012/10/
Charge Dan Piraro
SANEAMENTO BÁSICO-> é atividade relacionada ao abastecimento de água potável, o manejo de água pluvial, a coleta e tratamento de esgoto, a limpeza urbana, o manejo de resíduos sólidos e o controle de pragas, visando a saúde das comunidades.

O Brasil necessita urgentemente de um programa nacional de saneamento básico, é urgente e imperativa uma solução para este problema. Há 10 anos entrou em vigor a Lei de Saneamento Básico e apenas 50,3 % da população têm coleta de esgoto, há 10 anos era de 42% não mudou completamente nada. O abastecimento de água era de 80%, hoje é de 80,3%. Na Região Norte está os piores índices, pois tem capitais com tratamento de esgoto em níveis de 8% a 12%, um absurdo.

Má vontade política e pouco interesse das empresas são um ônus para a população. O tratamento de esgoto e as melhoras nas condições dos recursos hídricos trazem um benefício enorme para a população e por incrível que pareça para os governos.
O tratamento de esgoto, a coleta do lixo adequadamente, o manejo correto da água potável, o aproveitamento melhor da água pluvial traz benefícios consideráveis de saúde pública.

Saneamento Básico: filme de Jorge Furtado/2007 com Fernanda Torres, Wagner Moura, Camila Pitanga, Lázaro Ramos.

O tratamento correto elimina doenças tropicais e urbanas como Leptospirose transmitida pelo rato, elimina verminoses, diminui pragas como ratos, baratas e mosquitos vetores de doenças, diminuindo consideravelmente filas em hospitais com tratamento de diarréias, febres, alergias, náuseas. Pessoas não teriam que faltar de serviço para acompanhar filhos e outros parentes, diminuiria a fila de internação. Teríamos água de melhor qualidade e mais limpa para pessoas e animais, muito mais gente teria acesso à água sem escasseamento.

A melhora das condições passa não somente de programas de governo, passa também pela conscientização da população em cuidar melhor de seu lixo não descartando em córregos e rios; de sua água, da população entender e praticar maiores cuidados com seus recursos. Governos investirem recursos em orientações escolares para alunos e pais de alunos, engajarem a população, criar poços de retenção de água pluvial. Fazer coleta seletiva de lixo, melhorar a limpeza de bueiros, rios e córregos.
Sei que é difícil, mas precisamos começar agora, manter isso por vários anos é trabalhoso, mas vale à pena.  Quando o povo vir os benefícios e a melhora da qualidade de vida, se propagara e intensificara.

É beneficio para todos, população, para o sistema de saúde, para o governo com a diminuição dos gastos em saúde pública e diminuição de doenças.
Vamos cuidar melhor de nossos rios, córregos matas para termos uma vida mais saudável e limpa. Cuidar de nossos bem naturais é cuidar de nosso pulmão, nosso coração, nossos filhos.

Livro: Sob a Redoma/2012 de Stephen King/ 960 páginas, livro que virou série de TV com o nome Under the Dome em 2013/2015


Resultado de imagem para o livro de eli
O  Livro do Eli: filme de Albert e Allen Hughes/2010 com Denzel Washington, Mila Kunis, Gary Oldman. 

Até a proxima!!!  



sexta-feira, 3 de novembro de 2017

SORTEIO - MÊS LITERATURA INFANTIL E INFANTO-JUVENIL

Para encerrarmos o mês de outubro, trouxemos um sorteio mega especial, para comemorarmos o mês da leitura infantil e infanto Juvenil.
Este sorteio esta sendo organizado pela nossa parceira do BiblioLeitora e serão sorteados dois livros, que são:

1º Livro do Sorteio é Pegasus e as origens do Olimpo da autora Kate O'Hearn + Marcadores

2º Livro do Sorteio é Extraordinário da autora R. J. Palacio + Marcadores

Então galera, serão 2 ganhadores, e para ganhar os livros, basta seguir as regrinhas básicas:
  • Seguir os dois Blogs: Cultura Pocket e BiblioLeitora;
  • Comentar neste post do blog Cultura Pocket e no da BiblioLeitora com Nome e E-mail;
  • Ter endereço de entrega no Brasil;
  • Entraremos em contato com o ganhador via e-mail. É necessário responder com endereço completo em até três dias, caso contrário um novo sorteio será realizado;
  • Os blogs não se responsabilizam por perdas ou extravio do correios. 


O sorteiro será realizado pelo site do Sorteador, no dia 30/11/17.
Boa Sorte a todos!!!!!

Quer conhecer um pouco mais sobre eles? Que tem resenhas de Extraordinário e Pegasus no blog da Biblioleitiora.
Beijinhos e até logo!!


quinta-feira, 2 de novembro de 2017

DESAFIO FOTOGRÁFICO LITERÁRIO - NOVEMBRO2017



Ei leitores!!! 😏

Hoje a proposta e convidar vocês para um desafio fotográfico.
Se você tem Instagram ou acompanha algum IG Literário já deve ter visto algum desafio deste.

Este desafio foi criado pelos ig DiaeBlog e PobreLeitora e começou no dia 01/11. Porém quem quiser participar poderá faze-lo durante o mês inteiro usando a #desafiominhaestante. 
Serão sete para você arrasar nas fotos e ostentar sua estante.

Eu fui convidada pela Suellen do Blog Biblioleitora para participar e resolvi fazer este poste com todos os meus queridinhos deste desafio.

Então vamos a eles:

1º Dia: Um livro com a capa azul
Novembro é Azul, para lembrar a importância dos homens de realizarem o exame para câncer de próstata. Então o desafio começa com o livro azul.
Eu escolhi o livro "Desejo à meia-Noite" - Lisa Kleypas, ele foi um presentinho de aniversário muito fofo que ganhei de uma amiga e blogueira Leila. E como vou ler durante o mês de Novembro entrou rapidinho no desafio. 
Este é o primeiro livro da serie "Os Hathaways". Um romance entre um inglesa e um cigano.
Tem tudo para ser ótimo!!!!




"Você é incapaz de aproveitar o momento porque está sempre preocupada com o amanhã. Bem, para algumas pessoas, o manhã nunca chega."



2º Dia: Um Sick Lit ou Chic Lit
Este dois pode ser que você fique na duvida então primeiro vamos saber o que são.
Sick Lit pode ser traduzido como Literatura "enferma" ou "doentia". São narrativas tristes melancólicas, com personagens mergulhados em uma doença muito grave, depressão... acho que deu para entender rsrsrs. 
Chic Lit são um gênero que aborda o universo feminino, a mulher moderna. Romances leves, divertidos e modernos. Seu personagem central quase sempre será um mulher e todos os desafios que ela precisa vencer seja na carreira, amor, família. Adoro!!!!
Qual eu vou escolher???? Os dois!!!!
A culpa e das estrela - Jhon Green (Sick Lit) e A lista de Bret - Lori Nelson Spilman (Chic Lit).

"Alguns infinitos são maiores que outros."

"Imagine um mundo em que, em vez de ensinarmos nossos filhos a ser fortes, nós os ensinemos a ser gentis."



3º Dia: Um livro que você amou
Este é muito, muito difícil. Eu amo vários livros mas estou guardando minhas 5 estrelas para somente os top top.
Mas como ão quero fugir da capa azul... escolhi "Toda luz que não podemos ver" - Anthony Doer. Tão lindo que eu terminei este livro chorando.





É certo fazer algo apenas porque todas as outras pessoas estão fazendo?”


4º Dia: Um livro que você não gostou
Quarto dia hora de escolher um que não gostei, quero deixar claro que esta é minha humilde opinião de leitora, pode ser que outros o tenham amado.
Escolhi "Seis anos depois" Harlan Coben. Talvez por ter sido o primeiro livro deste autor ou por não ser apaixonada pelo gênero. O fato é que ganhou só 3 estrelinhas.




5º Dia: O maior da Estante
Este foi muito bom!!!! Com 592 paginas "A guerra dos tronos" - George R.R. Martin. Foi um experiencia incrível. Primeiro porque amo a serie, depois porque não consegue ler ele rápido mas também não conseguia largar. Neste você é inserido no universo de GOT, e começa uma aventura por um universo que gostaria que existesse só para fazer as malas e dar um pulinho para conhecer. Não esqueça os agasalhos pois "O inverno está chegando".
Ser azul foi só um detalhe. rsrsrs


6º Dia O menor da estante
Já queria muito falar deste livro fofo, ele tem 104 paginas (pequeno) e esconde uma lição de amor. Se você ainda  não leu não perde tempo, "Estrelas Tortas" - Walcyr Carrasco. A historia de uma jovem que sofre uma acidente de carro, com a mãe ao volante. Perde os movimentos e agora precisa se adaptar a uma nova vida. Linda e cheia de lições.





"Que a gente é como um pedaço da noite. De longe, estrelas perfeitas. De perto, estrelas tortas."



7º Dia O mais velho da sua estante
Este é meu queridinho Cleo e Daniel - Roberto Freire, foi o primeiro livro que ganhei da minha mãe, na adolescência. O primeiro que li e quis ter pra mim. Só para ficar olhando para ele. 







"E quando chega-se ao ódio, descobre-se o amor. O amor inatingível, o alheio amor. Então, olhando o beijo de Cleo e Daniel, sentindo o que vê - o desconhecido sentimento, o inatingível prazer."

Estes foram meus escolhidos todos com capas azuis para lembrar o Novembro Azul. Eu quero ver quais serão o de vocês! 
Quer saber quais são os da Suellen? Corre lá no blog dela Biblioleitora.
Se quiser conferir estas e outras fotos do meu instagram clica aqui.
Não esqueças de usar a hagtag ##desafiominhaestante e #culturapocket para eu ver as fotos maravilhosas de vocês. 
Participa com a gente!!!!

Beijos!!!