quinta-feira, 19 de julho de 2018

FILME - VIDAS Á DERIVA

Assisti há poucos dias o filme “Vidas à Deriva” como convidado da Cabine de Imprensa da Editora Astral Cultural. 

Fotos cedidas pelo blog "Coisa de Mineira"
O filme tem tudo para ser um sucesso, conta com atores renomados e uma estória de amor que vai arrebatar corações e fazer rolar muitas lágrimas.
O filme tem no elenco atores como a atriz americana Shailene Woodley da franquia “Divergente” e “A Culpa é das Estrelas” e o ator inglês Sam Clafin de “ Como Eu era Antes de Você” e “Simplesmente Acontece”, com direção do ator, diretor, produtor islandês Baltasar KormáKur conhecido por “Evereste” e “Dose Dupla”.

O filme é baseado no livro sobre a história real de Tami Oldham Ashcraft que ficou 41 dias em alto mar, ela e o noivo Richard Sharp, após o barco em que navegavam em pleno Oceano Pacífico ser atingido pelo furacão Raymond e ficar completamente destruído. 
Ela então com 23 anos, vegetariana e ele com 36 anos se conhecem em 1983 depois dela desembarcar no Taiti e ele vir atracar por ali para reparos e descanso. 
Encantam-se um pelo outro e Richard convida Tami para velejar pelo mundo com ele. Descobrem-se apaixonados e ficam noivos pelas praias paradisíacas do Taiti. 
Numa dessas paradas Richard encontra um casal de amigos que oferece 10.000 dólares e outros benefícios para que ele leve um barco até San Diego/EUA.
Tami reluta em ir nessa empreitada num primeiro momento, há anos ela deixou San Diego para trás para seguir pelo mundo e curti um pouco a vida, mas Richard expõe que precisam daquela quantia para seguir a viagem pelo mundo que tanto almejam.
Então os dois seguem pelo Pacifico para entrega do barco quando um furacão acaba com a embarcação. 
Tami passou 27 horas desacordada, cheia de ferimentos, sem condições de pedir ajuda, com alimentos escassos em pleno alto mar.


O filme mostra que o amor nos faz sobreviver. Que acreditar em algo como o amor nos faz suportar tempestades, as intempéries do tempo e da distância. Que o amor nos conduz a vida e que mostra os caminhos a seguir. A luta dela é pelo amor à vida e pelo amor de sua vida inteira. Como a própria Tami diz na capa do livro:

 “Mesmo nos momentos mais sombrios, o amor nos mantém vivos”

Leiam o livro e vão ao cinema, tenho certeza vocês vão gostar. 
Muito inspirador e muito lindo, mas levem lenços, pois vocês vão se emocionar.

O kit presenteado aos participantes continha um pacote de lencinhos... Será porque?

O filme estreia nos cinemas de todo o Brasil em 09/08/2018
O livro vai ser lançado em 20/08/2018;
O título original do livro publicado nos Estados Unidos a alguns anos é “Red Sky in Mourning”, é um referência a uma passagem do livro e no filme  em que eles vendo o pôr-do-sol em alto-mar, discutem se é vermelho ou não. 
Fotos cedidas pelo blog "Coisa de Mineira"
Filme: “Vidas à Deriva”
Ano: 2018
Duração: 1h 38 Min
Elenco: Shailene Woodley, Sam Caflin, Elizabeth Hawthorne, Jeffrey Thomas.
Direção: Baltasar Kormákur
Música Composta: Hauschka



Livro: “Vidas á Deriva”, a história real que deu origem ao filme
Ano: 2018 
272 páginas
Autores: Tami Oldham Ashcraft com Susea Mcgearhart
Editora Astral Cultural


#cabineastral
#vidasaderiva
#coisasdemineira

Para comemorar vamos fazer sorteio deste kit lindo contendo um livro, marcador, sacola ecológica, lencinhos.



Até a próxima..


terça-feira, 17 de julho de 2018

ALÉM DOS SONHOS - ADRIANA BRAZIL



Oi gente hoje é dia de resenha nacional.
Este livro chegou para mim através de uma amiga literária, o projeto livro Viajante. Já falei deste projeto por aqui, mas é sempre bom falar novamente pois eu gosto muito dele.
Livro Viajante é um projeto que nasceu em um grupo de amigos literários a 4 anos atrás. A ideia é escolher um livro e este livro será lido por vários amigos passando de cidade em cidade. Muito bom pois a gente pode ler o mesmo livro.
Então vamos lá conhecer o viajante.

 Título: Além dos Sonhos
Autora: Adriana Brazil
Editora: Novo Século
Ano: 2016
Nº de Paginas: 240

SINOPSE: Para Brenda, o dia a dia é um tremendo desafio. Um pai agressivo, uma avó preocupada, uma situação financeira delicada, uma autoestima abaixo de zero e um enorme desprezo por seu talento. Com todos esses dilemas, Brenda se refugia ao lado de poucos e valiosos amigos e, claro, em seus sonhos. Certa noite, após uma forte discussão com seu pai, ela deseja com todas as suas forças que sua vida seja diferente. E tem seu pedido atendido. Se é só um sonho, ela não sabe, mas sua vida está como ela sempre desejou... O rapaz que ama lhe retribui o amor, sua mãe está ao seu lado novamente, seu corpo está mudado, está linda. Até seus amigos estão ao seu lado. Todos, menos um. Brenda precisa decidir entre viver a ilusão de um sonho, ou encarar a dura e imprevisível realidade. Afinal, o que verdadeiramente há além dos seus sonhos? (Skoob)

Brenda é uma menina sonhadora vive no mundo da lua. Talvez isto aconteça porque sua realidade é muito dura. Brenda foi abandonada pela mãe, mora com a avó paterna e o pai, que é um homem bruto e amargo.
Brenda não gosta da sua aparência, está sempre brigando com o espelho, literalmente. Na escola ela tem apenas três grandes amigos Gustavo, Megan e Fernando. É apaixonada por garoto que não ha enxerga.
Mas, e se ela puder mudar tudo. Pois é exatamente o que acontece. Após visitar o novo Cyber café e livraria da cidade, e um encontro inusitado com a dona do lugar, Brenda começa a ter sonhos. Desta vez são tão reais que ela acorda e fica na duvida se era realmente um sonho. Neste mundo imaginário Brenda é muito feliz. Tem uma família perfeita, seu amor da escola a enxerga e ela começa a pensar que adoraria morar neste lugar.
Será que agora Brenda poderá escolher entre o sonho e a realidade?
E qual será a escolha dela?


A premissa do livro é muito boa. Durante a adolescência muitos jovens ficam muito insatisfeitos com suas vidas. Sonhar é muito bom, mas mais do que sonhar é preciso estar por aqui acordado. A mensagem que toda a trama passa é que nem sempre as coisas serão perfeitas mas que você não pode desistir. Saber se amar, valorizar o que você tem, entender que mesmo que as coisas estejam meio complicadas hoje que isso vai passar. 
Aprender a olhar em volta e perceber quem são seus verdadeiros amigos. Quais são seus dons e continuar batalhando para ir "Além dos Sonhos".
Espero que tenha curtido, se tiver oportunidade deem uma conferida nesta historia.
Continuem sonhando, e principalmente realizando seus sonhos.

Beijos e até a próxima.

quinta-feira, 12 de julho de 2018

FILME OS INCRÍVEIS 2 - BRAD BIRD

Olá Pocktes, tudo bem?
Fonte:Colecionáveis da @Suesouza89
Hoje vim apresentar resenha do filme Os Incríveis 2, eu não sei vocês, mas eu sou apaixonada por animação infantil, assisto quase todos que saem e com os incríveis não foi diferente, ainda mais que fazem 14 anos que o primeiro filme foi lançado.
Então, quem não assistiu, desculpa, vai ter um pouco de spolier, mas preciso situar vocês. No primeiro filme, conhecemos a família Pêra, Helena (mãe), Roberto (Pai), Violeta (Filha), Flecha (Filho) e Zezé (o caçula bebê). 
Helena e Roberto são super - heróis, ela é conhecida como Mulher - Elástico e ele o Sr. Incível, eles vivem escondidos agora, porque o governo baniu o uso de superpoderes, mas quando surgi o ataque de inimigo e vilão do Sr. Incrível, ele terá que atacar e ainda contar com a ajuda de sua família, porque Violeta e Flecha também tem poderes, e ao descobrir o que os pais são, se aventuram para ajudá-los. 

Fonte: Cinépolis
Título: Os Incríveis 2
Título Original: The Incredibles
Direção: Brad Bird
Ano de produção: 2018
Duração: 125min
Lançamento no Brasil: 28 de junho
Elenco: Brad Bird, Eli Fucile, Catherine Keener, Bob Odenkirk, Huck Milner, Craig T. Nelson, Holly Hunter, Sarah Vowell, Raymond Ochoa, Samuel L. Jackson
Classificação: 🌠🌠🌠🌠🌠

Sinopse: Desta vez, Helena (voice of Holly Hunter) está em destaque, enquanto Beto (voice of Craig T. Nelson) no heroísmo do dia-a-dia da vida `comum´ quando um novo vilão traça um plano brilhante e perigoso que somente os Incríveis podem superar juntos. 


RESENHA:

O filme inicia com o ataque de um vilão, o Furador. Ele ataca a cidade, onde  os incríveis vivem, e então a família e seu amigo Gelado, correm para ajudar a população, mesmo que seja ilegal, nesse ataque, a cidade acaba sofrendo algumas destruições de prédios, além de roubo nos bancos. 
A família fica desanimada, mas o pior acontece, eles são presos, por  usar seus poderes. A partir da ir, começa a sucessão de questionamentos entre a família. 
Primeiro, eles são liberados e voltam ao hotel, onde estavam vivendo desde que sua casa foi destruída pelo vilão do primeiro filme,mas só podem ficar por duas semanas, e o que vão fazer, já que os dois não trabalham e nem tem onde ficar.
Violeta começa a questionar a mãe sobre a ilegalidade de usar seus poderes. Helena não quer que os filhos infrinjam a lei, mas é contraditória quando diz para usar os poderes para proteger os outros e a família. Roberto e Helena discutem quem deve voltar a trabalhar para sustentar a casa, e a partir dai já percebemos alguns questionamentos na posição "imposta" pela sociedade.
Roberto prefere voltar a trabalhar a ficar em casa cuidando das crianças, e Helena acaba aceitando, pois acha que Roberto não cuidaria bem da casa.
Fonte: Google Imagens - Mulher Elástico com novo traje e brinquedo novo.
Mas nesse meio tempo, aparece uma proposta de um empresário, que vai estremecer ainda mais a relação dos dois, pois o empresário propõe, que eles montem divulgação ao vivo dos heróis fazendo ação para ajudar a sociedade. Mas nisso, eles se empolgam, mas quando o empresário afirma que Helena, é a melhor para o trabalho o Sr. Incrível se opõe, por achar que ele é melhor que Helena. Helena vai trabalhar, e Beto ao ficar com as crianças começa a perceber como é difícil a tarefa. 
Violeta está revoltada, com as atitudes e decisões dos pais, e ainda Toninho não aparece para o encontro que tinham marcado, e ao descobrir que o pai, pediu para o amigo apagar a memória do garoto fica mais chateada e renega ser heroína.
Flecha, embora tenha um nome que diz muito sobre seu poder, é contraditório com seu aprendizado, onde podemos observar que  além da preguiça comum entre os pré adolescente, ele tem dificuldade para aprender, onde sempre recorre a mãe, mas nessa situação o pai, acaba tendo que virar a noite e descobrir como funciona "a nova" matemática e ensinar para ele. 
E ainda tem Zezé, que sente muito falta da mãe, não dorme direito e nem deixar Beto dormir, além disso começa a liberar seus poderes, que são vários e descontrolado. 
Fonte: Google imagens - Sr. Incrível ensinando matemática para o filho Flecha
Podemos observar na animação, mesmo que seja, para crianças alguns temas interessantes da realidade na nossa sociedade, onde ela ainda é machista, e podemos ver com a atitude de Beto ao não aceitar que Helena seja melhor que ele para um trabalho. Helena sendo o "padrão" da sociedade, em querer ficar em casa e cuidar das crianças e tarefas, por achar que Beto não saberia cuidar. O filme trás a inversão do papel do homem e da mulher, e que mostra que os dois podem fazer o serviço inverso e se sair super bem, quando querem no papel que se propõe a fazer.
Que Violeta, mesmo com super poder ainda é apenas uma adolescente que está descobrindo a vida, construindo seus ideais e enxergando que os pais são pessoas que podem cometer falhas, mas que fazem de tudo por amor aos filhos. 
Que Flecha é o típico garoto que adora uma aventura, e quando mais radical melhor para ele, além de encher um pouco Violeta por causa de Toninho, algo normal numa relação de irmãos. E tem Zezé, a graça da família, que ainda está aprendendo a andar e falar, mas que mostra a diferença em relação a idade entre os irmãos é complicada, pois nenhum dos irmãos quer a responsabilidade de cuidar dele.
Mas o que é lindo de se ver, é o AMOR entre a família, que mesmo que passem por situações difíceis, estão um ao lado do outro.
Fonte: @Suesouza89 Combo do @cinépolis do filme os Incríveis 2

Eu super indico assistir o filme Os Incríveis 2, pois é divertido, tem uma trilha sonora ótima, além do gráfico perfeito. Também tem temas interessantes que podem ser tratados com as crianças, como família, amizade, machismo, maturidade, responsabilidade, crescimento pessoal, etc.

Assista ao trailler do filme, para ficar mais animado:

Beijos, até a próxima!!