sábado, 4 de maio de 2019

DESAFIO LITERÁRIO 2019 - MAIO



Oi gente!!!!

Hoje vamos conhecer a TBR que eu separei para o desafio de Maio/2019. Todos os livros escolhidos eu já estava bem a fim de ler então, a expectativa está bem alta.
Os desafios de Maio/2019 são os seguinte: Capa que eu achei linda, Um noiva na capa (Maio e noivas tudo a ver), autor brasileiro (já que abrimos o mês com o dia da literatura brasileira).




1 - Livro com capa linda: As cores da vida - Kristin Hannah
A vários anos atrás eu li um livro desta autora que se chamava "Jardim de inverno", a escrita era linda a historia dramática e cheia de lições fiquei louca pela autora mas nunca procurei outro livro dela para ler. Eis que mês passado comentando com os leitores do Clube do Livro de Neves eles me disseram que os outros eram tão bons quanto o que eu tinha lido. Uma amiga se ofereceu para me emprestar um livro dela eu aceitei. Como achei a capa bem bonita (acho que combina com o mês das noivas também), resolvi colocar ele no desafio. Se gostar do livro trago resenha para vocês



2 - Livro com noiva na capa - Mentira Perfeita - Carina Rissi
Este eu já li (rsrsr), acabei de ler. Eu indiquei ele para um grupo do qual participo em que o tema do livro do mês tinha que ter uma mentira na historia (dia da mentira foi em Abril). Deixei para ler ele só em maio para entrar no meu desafio.
Ele é um spin-off de "Procura-se um marido" da mesma autora ou seja a historia da Julia (Mentira perfeita) e criada a partir da historia do livro anterior sendo possivel inclusive rever personagens que aparecem no primeiro livro. No decorrer do mês trarei uma resenha completa deste livro para vocês o conhecerem melhor. Mas para adiantar achei melhor que o primeiro além de trazer um elemento diferenciado já que o mocinho da trama e cadeirante.

Gostei tanto desta definição que tive que compartilhar com vocês!!!
😂😂😂😂😂 


3 - Livro de autor Brasileiro: Um milhão de finais felizes - Vitor Martins
Dia 1° de maio é também comemorado o dia da literatura brasileira (além é claro de ser o dia do trabalhador caso você tenha se esquecido rsrsr). Eu amo ler autores nacionais, confesso que este habito é relativamente novo pois até alguns anos atrás lia basicamente clássicos da literatura brasileira. Mas depois que comecei a lê-los não parei mais e tento, sempre que possível, ler ao menos um liro nacional por mês.


Continuamos as leituras  coletivas de Mindhunter e A guerra dos tronos em nossos grupos e no grupo que participo da Agatha Christie leremos O mistério dos sete relógios.

Se você se interessar por alguma de nossas leituras coletivas e quiser participar é me deixar um recadinho ou me chamas no direct do instagram @PocketCultura que eu te add nos nossos grupos.



Agora que você já conhece a minha TBR eu quero conhecer a sua.  Se cumprir alguns dos desafios do mês me marca com a #DesafioLiterario2019CP que eu quero curtir, comentar, acompanhar suas leituras.

Beijos...
Até a próxima!!!!






domingo, 28 de abril de 2019

LOVE, DEATH & ROBOTS - RESENHA SERIE


Oi pockets!!!
Hoje é aquele dia de passar por aqui e deixar uma  dica de serie para você assistir "Love Death + Robots".
Esta serie e uma antologia de animação que reúne 18 episódios lançada em Março de 2019 pela Netflix.

A série é produzida por Joshua Donen, David Fincher, Jennifer Miller e Tim Miller. 
Os episódios não são sequenciais e mesmo o estilo de animação é completamente diferente de um episodio para outro, até porque cada episodio foi animado por diferentes equipes de diferentes países,  porem o que me chamou a atenção foi a qualidade das animações.
A serie reúne criaturas aterrorizantes, surpresas bizarras humor acido com muitos temas sci-fi surrealistas.


Composta de historias curtas que variam de 10 a 20 minutos no máximo. A pesar de antologias não serem novidade, as historias conseguem prender o telespectador e o levar a varias reflexões sobre o universo que o cerca sempre abordando o amor, não necessariamente de uma forma romântica, a morte, que pode estar relacionada ao valor de uma vida, e os robôs como um elemento relacionado a tecnologia. Muitos dos episódios ficam abertos a interpretação o que estimula a participação de quem assiste.


Levei apenas dois dias para assistir a todos os episódios mas acredito que dê para maratonar em um (rsrsr)
Mas fica ligado o conteúdo e classificado para maiores de 18 anos pois possui bastante pitadas sexuais e violência.


Você já assistiu?
Gosta de animação e de sci-fi?
Me conta ai nós comentários, aproveita e deixa uma dica de serie para eu assistir também!!!!

Beijos...





quarta-feira, 24 de abril de 2019

RESENHA SR. DANIELS - BRITTAINY C. CHERRY


Oi, galera!!!

Uma leitura nova, com um pouco de pé atrás. E sobre esse livro, fiquei um pouco arisca com ele, pois é da mesma autora do livro O Ar que ele respira, e eu não gostei muito, embora foi uma boa leitura, esperava mais dele.
Quando escolhi o Sr. Daniels para ler pro desafio, não fui com muita sede ao pote, e ele me surpreendeu. 

Fonte: Skoob

Título: Sr. Daniels
Autora: Brittainy C. Cherry
Editora: Record
Ano: 2015
N. páginas: 322
Classificação: 5


Sinopse: Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Além de ter de aprender a conviver sem parte de si mesma, ela precisa se adaptar a uma nova rotina. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin, carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã. Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Ao sentir-se esperançosa quanto a sua nova vida, Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor. E não consegue acreditar quando descobre, no primeiro dia de aula, que Daniel, o belo músico de olhos azuis com quem já está completamente envolvida, é o Sr. Daniels, seu professor de inglês. Desorientados, eles precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, eles ainda precisam tentar de todas as formas superar os antigos problemas e sobreviver a novos e inesperados conflitos.



Resenha: 

A história fala sobre Ashlyn Jennings,  de 19 anos que acaba de perder a irmã gêmea para o câncer, e Ashlyn sabe o que é isso, pois na infância passou pelo mesmo problema, porém se curou e mantem uma vida saudável. 
Ashlyn era a gêmea calada, que adorava ficar no seu mundo de fantasia descrita nos livros, e que tem o sonho de ser uma escritora. Mas Ashlyn ver seu mundo se perder com a morte da irmã, que era sua única amiga, e agora sua mãe não a quer em casa, e a manda morar com seu pai, o qual ela mantem um ressentimento de anos por ele, pois abandonou elas por outra mulher. 
Mas Gabby deixou várias cartas para Ashlyn, ao qual ela deve cumpri uma lista, para poder abrir as cartas, e isso é como se a irmã estivesse ao lado dela e dando forças para ela superar.
"As pessoas sempre dizem que, com o tempo, tudo vai ficando mais fácil quando se perde alguém. Diziam que, com o tempo, ia melhorar. Mas eu não conseguia entender como isso poderia acontecer. A cada dia, tufo só se tornava mais difícil. O mundo só ficava mais escuro. A dor apenas se aprofundava. p. 36"
Mas como ela, não pode fazer nada, vai de trem Edgewood, para ficar com o pai, e vai ser um surpresa, pois ela conhece Daniel, um henino-momem ( a mistura de menino e homem , que Ash, acha que ele é), mas de belos olhos azuis, e que ainda sabe citar Shakespeare de cor. A ligação entre eles é imediata, mas ao chegar no final da viagem se separam, mas Daniel a convida para ver a banda dele chamada Romeo's Quest, que inicia todos os capítulos do livro, com uma canção maravilhosa. 
"Gosto de como você mente,  Quando peço para ficar. Gosto de como flerta, Quando preciso me afastar." 
Daniel é uma jovem de 22 anos, que já passou por alguns traumas em sua vida, mas que tentar superar, através da sua banda e das suas aulas de inglês avançado que dar, o qual ama, pois adora literatura.
"Não importa o que aconteça, não importa quantas vezes você lide com ela, a morte não fica mais fácil. p. 49"
Ashlyn logo descobre que o pai, tem uma nova família, e ainda por cima tem dois enteados, e que terá que dividir o quarto com Hailey, que ainda chama Henry, pai de Ashlyn de pai e ainda e vai ter que conviver com Ryan irmão de Hailey. Ashlyn fica ainda mais ressentida do pai, por ver fotos dele com os enteados e nenhuma dele com ela e a irmã.  Mas Ashlyn vai descobri que a vida guarda grandes surpresas para ela, pois vai encontrar nos dois uma amizade inesperada, além de descobrir que cada um tem seus problemas para enfrentar, Hailey um namorado safado e Ryan sua orientação sexual, que esconde de todos. 
"Fingir ser feliz é quase como ser feliz, Até você lembrar que é apenas fingimento. Então você fica triste. Realmente triste. Porque usar uma máscara todos os dias da sua vida é a coisa mais difícil do mundo. E depois de um tempo, você tem um pouco de medo porque a máscara se torna você"
Ashlyn vai ao bar, escutar a banda de Daniel, e depois acabam por sair, o qual fortalece a ligação entre eles, e percebem que ambos é a "salvação do outro", mas a noite chega ao fim. E quando se inicia as aulas, qual a surpresas dos dois ao descobrir que Daniel, é Sr. Daniels, e vai ser o professor de Ashlyn. Ambos não sabem como agir, e acabam por tentar se afastarem, mas é um plano que não dar muito certo, pois a ligação entre eles é forte, e então começam um romance as escondidas, e que a cada dia mostrar a força do amor e de se viver cada dia, mesmo com a dor de ambos.
Os dois terão que enfrentar alguns obstáculos para ficarem juntos. Será que vão conseguir?


"Eu não disse que seria fácil. Só disse para ir em frente. Além do mais, as melhores coisas da vida não são fáceis. Elas são difíceis, são cruas e dolorosas. Isso torna a chegada ao destino final muito mais interessante. p. 65"
Esse livro, é simplesmente perfeito, é uma daquelas histórias, que te prende e só te faz largar o livro quando você acaba de ler, e depois ainda tem vontade de voltar e reler de novo.  A escritora fala de dores tão reais, de uma maneira sincera, pois a dor da perda é um trauma, e as pessoas superam de maneira diferente. Assim como cada um tenta enfrentar seus problemas da melhor maneira possível, como é o caso de Ryan ( um personagem maravilhoso, que merecia sua própria história). A história ainda mostra, que nem sempre tudo é como imaginamos, e que as vezes você dar a oportunidade da outra pessoa falar, vai descobrir coisas interessantes. 
Todos precisam ler esse livro, ele é cheio de reflexões interessantes, e com frases fortes, que te tocam.
"Coisas terríveis aconteceram na minha vida. E eu venho percebendo que se não dizemos o que precisamos dizer quando temos chance, acabamos nos arrependendo depois. Mesmo se estiver zangada, diga. Grite para o mundo, enquanto ainda tem uma chance. Porque uma vez que a vida passa, essa oportunidade não volta. E as palavras não ditas também se perdem para sempre".
Beijos, até mais!



segunda-feira, 22 de abril de 2019

DICA DE LEITURA - O TATUADOR DE AUSCHWITZ - HEARTHER MORRIS

Oi pockets!!!
Hoje eu resolvi trazer uma dica de leitura o livro "O tatuador de Auschwitz".
O livro conta a história de Lale Sokolov e Gita Fuhrmannova, dois judeus eslovacos, que se conhecem e se apaixonam eu um dos lugares mais terríveis da terra, Auschwitz, em um dos momentos mais vergonhosos da nossa história atual.
Além de uma história real permeada de sofrimento este livro vai além. Ele te mostra que da para sobreviver a mais um dia, que o amor pode te dar forças para continuar, continuar a seguir em frente. 
Eu me apaixonei pela história e pelo livro e se você está procurando uma boa história merecedora de 5 estrelas. Esta é pode ser ela.

E para despertar sua curiosidade desta vez só vou deixar os "quotes" 
.
"ARBEIT MACHT FREI" (O trabalho liberta)😣
.
"Cada homem reza para o que é importante para si. E ele decide que é assim que deve ser."
.

"- Você é tão forte na personalidade quanto no físico?
- Sou um sobrevivente."
.
"Enquanto estivermos vivos e saudáveis, tudo vai dar certo."
.
"Se você acordar pela manhã é um dia bom."
.

"Escolher viver é  um ato de rebeldia, uma forma de heroísmo."
.

"Como uma raça espalhada em múltiplos países pode ser considerada uma ameaça?"


Agora me conta aí se você já leu este livro maravilhoso, se gostou da historia, e se marcou alguma frase me fala qual!
Beijos!!!!





quinta-feira, 4 de abril de 2019

DESAFIO LITERÁRIO 2019 - ABRIL


Oi Pockets!!!
Como no dia 20 de março iniciou o outono resolvi deixar este post com uma cara bem de outono rsrsrs.
Hoje é aquele dia que a gente vem aqui no blog te desafiar e mostrar quais são as nossas propostas para o desafio de Abril. Escolhi este mês livros que com certeza você também vai se divertir muito se ler com a gente.
Então vamos conhecer os desafios e livros escolhidos.


01 - Livro título com uma só palavra: Passarinha - Kathryn Erskine
Escolhi este livro pois já queia a muito tempo ler ele e sempre adiva nem sei porque. Mas no dia 02 de Abril algumas amigas que tem filhos no espectro chamaram a atenção para a importância de conhecermos melhor esta síndrome. Neste livro da editora Valentina o leitor e convidado a conhecer a mente de uma criança portadora da Síndrome de Asperger. Todos que a leram falaram de como a história é tocante. Então agora é minha vez de me emocionar com a Caitlin.


02 - Um autor que você nunca leu: Mindhunter - John Douglas e Mark Olshaker
Este livro foi escolhido por votação no nosso grupo de leitura Coletiva. Ele deve ser um dos últimos que lerei este mês, mas como eu já assisti a serie de mesmo nome inspirada no livro teno uma ideia do que esperar. No livro encontraremos detalhes assustadores de alguns dos casos mais terríveis, fascinantes e desafiadores do FBI.
Você pode ler este com a gente, é só me mandar uma mensagem que te adicionaremos ao grupo. Começaremos esta Leitura no Dia 23 de Abril.
Me desejem sorte acho que neste vou precisar!!!


03 - Um E-book: Os quatro grandes  Agatha Christie
Este será minha primeira leitura do mês. Ele faz parte da leitura coletiva organizada por uma amiga que propôs ler toda a obra da autora ( se não me engano pelo ordem de lançamento). Eu estou adorando pois sempre me divirto com a Agatha e seu Poirot sou sempre enganada por eles também kkkk
Nesta historia Poirot estava se preparando para vir para o Brasil (olha só). Claro que vai ter muito mistérios, mortes a serem desvendadas. Vou me divertir.

TRB do Desafio de Abril 2019

Claro que a TBR não vai parar por ai! Mas estes foram escolhidos para atender ao desafio de abril.
E você gosta de desafios?
Já leu algum destes livros?
Me conta ai nos comentários quero saber tudo.
Se resolver tentar o desafio coloca  a #DesafioLiterario2019CP que eu quero curtir.

Beijos...








segunda-feira, 1 de abril de 2019

PERSUASÃO JANE AUSTEN - A HORA DO CHÁ



Oi pockets!
Hoje a nossa "Hora do chá" será na companhia de uma das maiores autoras da literatura inglesa, Jane Austen.
O livro em questão "Persuasão", que inicialmente recebeu o nome de "The Elliots" e depois sendo renomeado para o nome que o conhecemos foi publicado em 1818.
Este livro faz parte de uma série de leituras que realizamos para ler a obra completa da autora.
Apesar de não ser o livro mais badalado desta autora, ele está entre as melhores obras escrita pela autora  na minha humilde opinião.
Nossa trama se inicia em Kellynch Hall, com o Sir Walter Elliot um baronete decadente e extremamente vaidoso, pai de Elizabeth, Anne e Mary, que se encontra em sérios problemas financeiros.

"Vaidade era o início e o fim da personalidade de Sir Walter,  vaidade pela sua própria pessoa e posição."

"Temos de ser severas e firmes... Pois afinal de contas, quem contrai dívidas tem de pagá-las;"

Sem muita alternativa ele é persuadido a alugar a casa da família para o almirante Croft e sua esposa e se mudar com as filhas para Bath. Neste momento começamos a conhecer nossa heroína. Anne Elliot e uma pessoa extremamente sensata. Senda a filha do meio, e principalmente não é a favorita do pai, sua opinião tem pouco valor para ele e sua irmã mais velha Elizabeth. Porém a jovem e muito querida por Lady Russell, uma grande amiga de sua falecida mãe e que a tomou como pupila após o falecimento da mesma. Anne e dócil e submissa, sofrendo por estar sendo tirada de sua casa e se mudando para uma cidade a qual não tem nenhuma afinidade. Resolve passar um tempo com sua irmã Mary, filha caçula, casada com Charles Musgrove. Mas sua mudança esconde também o desejo de não se encontrar mais com o irmão da mais nova inquilino de seu pai e que foi um grande amor do passado, Frederick Wentwort.
Este é um dos romance desta autora em que podemos perceber que há várias mudanças de cenários durante a história. Até entendermos os motivos que levaram a então jovem Anne a rejeitar o pedido de casamento de Frederick no passado, vamos sofrendo junto com ela. Frederick a trata com muito desdém e demonstra interesse pelas jovens cunhadas de sua irma fazendo com que nossa heroína sofra muito.


Anne se mostra uma personagem com convicções sólidas e bom temperamento. E mesmo em momentos onde ela deveria se exaltar podemos perceber sua capacidade de ser uma pessoa boa. A presença constante de seu grande amor e seu possível interesse nas jovens nos leva a várias reflexões.  Alguns acontecimentos enquanto ela visita a cidade de Line na companhia da família de sua irmã e dé Frederick serão essenciais para que eles possam se conhecer melhor depois de tantos anos.
"O privilégio que reclamo para meu sexos... não é muito invejável,  não precisa cobiça-lo... É o de amar mais tempo, quando a existência ou a esperança já desapareceram."

Eu amei está história ela tem muitos elementos que já tinha visto na escrita da Jane. Personagens que já nos despertam ranço com um parágrafo, os interesseiros, os vaidosos, os cômicos.  Mas este trouxe uma mocinha que amadureceu, quase como se refletisse o próprio amadurecimento da autora. Um amor que terá de resistir a problemas e o tempo para se provar.

"Já não consigo mais permanecer em silêncio. Tenho de falar pelos meios ao meu alcance. (...)  Sinto-me entre a agonia e a esperança. Na me diga que é muito tarde, que sentimentos tão preciosos morreram para sempre."

Eu sugiro que se você nunca leu uma história desta autora, esta pode ser a melhor para você começar. Linda, romântica e rápida de ler.
Me conta aí se você já leu Jane Austen? 
Qual seu livro favorito da autora, se já se apaixonou por um dos mocinhos dela?

Beijos, até nosso próximo chá.




quarta-feira, 13 de março de 2019

SEX EDUCATION - RESENHA


Oi Pockets!!!
Hoje é dia de trazer um pouquinho de serie para vocês.
A dica da vez é o seriado de comédia dramática britânico Sex Education, crida por Laurie Nunn que estreou em janeiro de 2019 na NETFLIX. 
A primeira temporada conta com 8 episódios portanto é fácil de fazer maratona  e vale super a pena.
Neste seriado acompanhamos o adolescente Otis de 16 anos, filho de uma terapeuta sexual divorciada Jean, seu melhor amigo Eric e Maeve.
Otis é virgem e desajeitado porem se junta a Maeve, uma jovem esperta de uma família disfuncional para ganara uma grana oferecendo conselhos "clínicos" sexual para os adolescentes com problemas na escola em que estudam.
E você pode pensar, só mais uma serie adolescente que se passa no colégio, mas ai é que se engana. Os clichês e esteriótipos são utilizados exatamente para serem desconstruídos.     

"A sexualidade humana é mais diversa do que se pode imaginar, e cada pessoa tem um histórico de experiências únicas."

Apesar de se tratar de comédia, a serie aborda muitos assuntos de forma direta sem mistificar, no inicio percebemos que Otis tem muito conhecimento técnico e pouca experiência no assunto mas, a sensibilidade dele  ao falar com outros jovens e entender os medos que vão além  dos problemas sexual.


O prolema e Otis gosta de Maeve, que gosta de Jakson.

Maeve é inteligente mas, apesar da fachada de durona, você vai percebendo todas as suas inseguranças, ela gosta de Jackson, um jovem com um futuro promissor no esporte (natação) popular é em gato.
Ainda temos no elenco principal o melhor amigo Eric, que é homossexual e terá suas próprias batalhas a lutar.

São temas atuais e importantes de serem tratados discutidos pela sociedade: Aborto, homossexualidade, família, espaço, prazer, relacionamentos amorosos e entre pais e filhos .

Eu levei dois dias para assistir a primeira temporada oi maratona mesmo. e gostei muito como oram abordados os temas, que apesar do humor, não ridiculariza as situações que são engraçadas mas não banalizadas. O seriado e indicado para jovens acima de 16 anos pois aborda de forma direta o tema proposto.
O legal é que já foi confirmado a renovação para uma segunda temporada. Claro que eu vou ver.
E você já assistiu esta serie?
Gostou? Não gostou?
Me conta ai nos comentários, eu quero saber sua opinião!

Beijos...



segunda-feira, 4 de março de 2019

DESAFIO LITERÁRIO 2019 - MARÇO

Oi Pockets!!!

"São as águas de março fechando o verão...
É a promessa de vida no seu coração."

E com as águas de março eu trago para vocês os nossos desafios do mês, aquela oportunidade de você montar a TBR do mês.
E este mês começaremos com um livro escrito por uma mulher afinal, março é o mês da mulher.

01 - Livro Escrito por uma mulher: Eu escolhi o ultimo livro da Leitura coletiva da Jane Austen Lady Susan, que leremos junto com o DNA Literário. O livro o escrito em 1794 e publicado somente em 1871, 54 anos após a morte da autora. Ele é um romance curtinho com 152 paginas, escrito de forma epistolar, ou seja toda a história e desenvolvida principalmente através de cartas. Ele quase ficou de fora da nossa leitura coletiva, pois como a leitura foi organizada seguindo a ordem de outro livro (O Clube de Leitura de Jane Austen) e ele não aparece no livro que serviu de roteiro.   Foi muito divertido participar desta leitura coletiva, e encerrar no mês da mulher escolhendo esta grande autora para fechar também e muito bom. 

02 - Livro que está na lista dos mais vendidos de 2018: Saindo diretamente do 15 lugar na lista dos mais vendidos de ficção da PublishNews de 2018, temos o Livro Mitologia Nórdica - Neil Gaiman. O autor britânico de 58 anos autor de contos, romances. Meu interesse pelo autor começou em 2017 quando saiu a serie "Deuses Americanos" inspirada em sua obra com o mesmo nome. Nesta obra eu vou me aventurar pela mitologia nórdica pela primeira vez.



03 - Um livro de capa colorida: Para este desafio eu escolhi o livro Quando a noite cai - Carina Rissi. A capa deste livro é muito linda e este foi um daqueles livros que você compra para ter uma oportunidade de rever a autora que é incrível. Já tem um bom tempo que eu queria ler ele mas nunca acho um espaço na mina TBR. 
Nesta história conheceremos a  Briana que é transportada para um outro mundo quando a noite cai e sonho vem. Espero ter muitos bons sonhos com esta historia.


Além destes que escolhi para o desafio de Março vamos ler em Março o livro "A sociedade literária e a torta de cascas de batatas - Mary Ann Shaffer; Anne Barrows". Ele foi escolhido em votação para ser a nossa leitura coletiva no grupo do WhatsApp. Ele conta a historia de uma escritora que está buscando um tema para seu novo livro quando se depara com um clube de leitura. 
Desde que eu vi a adaptação feita deste livro para um filme meu desejo de lê-lo só aumentou. Acho que ele fala muito comigo por contar uma historia sobre um gruo de leitura. 


E aí gostou da minha TBR para Março?
Já leu algum dos livros da minha lista?
Me conta ai nos comentários. Se você quiser participar da nossa leitura coletiva é só deixar um recadinho pra gente.
Se cumprir algum dos desafios não se esquece de nós marcar e usar a #DesafioLiterario2019CP nas redes sociais.

Beijos.
  







quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

AMOR AMARGO - JENNIFER BROWN

Olá Pocktes!!

Tudo bem com vocês? Espero que sim. Esse ano voltei a participar dos desafios mensais, já conclui as três metas, e vim falar um pouco sobre um dos livros ótimos que li, que foi Amor Amargo da Jennifer Brown, autora do  Livro a Lista Negra.

O livro Amor Amargo amor, escolhi como Um livro que você escolheu pela capa do desafio que realizamos todos os anos. Caso você tenha interesse em participar  é só baixar a planilha e conferir nossos desafios e não esquecer de utilizar a #DESAFIOLITERARIOCP2019 para nós curtimos.

Título: Amor Amargo
Autora: Jennifer Brown
Editora: Gutenberg
Ano: 2015
Nº Páginas: 256
Classificação: 4 


SINOPSE: Último ano do colégio: a formatura da estudiosa Alex se aproxima, assim como a promessa feita com seus dois melhores amigos, Bethany e Zach, de viajarem até o Colorado, local para onde sua mãe estava indo quando morreu em um acidente. O Dia da Viagem se torna cada vez mais próximo, e tudo corre conforme o planejado. Até Cole aparecer. Encantador, divertido, sensível, um astro dos esportes. Alex parece não acreditar que o garoto está ali, querendo se aproximar dela. Quando os dois iniciam um relacionamento, tudo parece caminhar às mil maravilhas, até que ela começa a conhecê-lo de verdade… Em um retrato realista de um relacionamento conturbado, a autora Jennifer Brown – do sucesso A Lista Negra – nos leva até o limite de nossos sentimentos.


RESENHA:

Alexandra Bradford (Alex) é uma adolescente normal de 17 anos, que está fazendo o último ano da ensino médio, é tutora de inglês e escreve poemas, além de trabalhar para conseguir realizar a viagem dos seus sonhos com seus dois melhores amigos Bethany e Zach.
Alex tem duas irmãs, a mais velha faz universidade, e a mais nova Célia, que mora com ela e o pai, porém Alex vive em constante reflexão, pois acredita que a mãe não a amava, por isso queria ir embora para o Colorado, onde acabou sofrendo um acidente e morrendo, o que deixou Alex ainda mais sentida. O Pai não falava nada, as irmãs superam, mas ela ainda tinha muito dor guardada.
Alex parece está vivendo as maravilhas com seus amigos e o planejamento da viagem, até que as coisas começa a mudar com a chegada de Cole, o novo aluno e tutelado de Alex.

“Era espantoso se dar conta de que era possível se acostumar a qualquer tipo de vida”
Alex se encanta com Cole, ele é bonito, simpático e popular, e dar super atenção a ela, além de mostrar interesse por seus poemas e a viagem, e tudo isso em falar o quanto ele é romântico, de dar presentes, lembrar datas e ficar horas esperando ela sair do trabalho. 
Mas as coisas começa a mudar, pois Cole não gosta da amizade de Alex com Zach, pois acredita que Zach é apaixonado por Alex, e quer roubar dele, assim como também não gosta de Bethany porque toma muito o tempo de Alex. 
Alex acaba de afastando dos amigos, por acreditar e não querer perder Cole, pois esta apaixonada. Mas no primeiro acesso de raiva, Cole a machuca fisicamente e a chama de nomes horríveis, mas ele perde perdão e ela acredita que foi só um pequeno incidente.
“E assim, sem mais nem menos, me dei conta de que, querendo ou não, o que tinha acontecido no dia anterior já tinha começado a me definir; eu estava inventando pretextos para justificar o que ele tinha feito comigo.”
Alex ainda tenta unir Zach, Bethany e Cole, mas a tentativa sai errado, e mais uma vez ela acaba perdendo os amigos e mais uma vez sofrendo abusos físicos e psicológicos, mas ela acredita que já deixou tanta coisas por Cole, que não vale a pena desistir dele, e ela o ama, e acredita que sejam alma gêmea. 
Alex começa a ficar receosa de falar ou fazer algo que chateie Cole, ela não vai mais as reuniões com os amigos sobre a viagem, e não deixa mais nem ser abraçada por Zach, pois Cole não gosta. Todas as vezes, Cole perde perdão, deixa flores e bilhetes para Alex, além de prometer que será a última vez, e que ele esta tentando mudar por ela, até dizer que esta fazendo acompanhamento com psicologo, para ser uma pessoa melhor. 
Mas mesmo que ela não faça essas coisas, começa a perceber que Cole não vai mudar, e mesmo que ela o ame, ele não mudará. 

“Eu amava Cole, mas, às vezes, amá-lo era como andar de montanha-russa sem conseguir recuperar o fôlego entre as curvas e quedas. ”
Alex não sabe mais o que fazer, tem vergonha de contar para os amigos. E até acredita que merece o que está passando. Ao conhecer a família de Cole, ela percebe o quanto o pai é machista e a mãe submissa, além de apresentar vestígios de abusos, então o costume vem de casa, de como o próprio pai trata a mãe, ele aprendeu que as mulheres devem ser tratas assim, e que jamais devam falar o que eles devem fazer, o achar o que devem fazer. 
Alex sofre, não quer acabar com Cole, mas descobre que ela não é a primeira a sofrer os mau tratos dele, e se não fizer nada, ela ainda pode sofrer muito mais. Ela cria coragem e conta para a chefe, que a considera como uma filha, e depois esta decidida a larga-lo, mas qual a surpresa dela ao ver Cole a esperando fora do trabalho, e com uma fúria descontrolada, porque vi Alex conversando com Maria, sua ex. 
Cole bate em Alex, ao ponto de Alex desistir de viver, mas por sorte sua chefe sai, e consegue faze-lo parar. Alex sobrevive, mas com cicatrizes que vai demorar a cicatrizar.
"Olhei para a outra poltrona e quase dei um pulo. Eu tinha pensado que não havia ninguém, mas, ali, parecendo uma bolinha de tão encolhida, estava uma mulher magra como um palito e com imensos olhos vazios. Tinha a cabeça deitada em um dos braços da poltrona, as pernas encolhidas sobre o assento, os braços apertados em volta das canelas. Ela parecia uma criancinha com medo de uma tempestade. Olhando para nós dois, ela piscou devagar, mas não disse uma palavra."
Essa é uma história intensa, que fala sobre relacionamentos abusivos, de perda familiar, e não só dos que morreram, fala sobre uma amizade que vem desde a infância, mas acima de tudo fala sobre superação, e mostra que é difícil, e muito sair de relacionamentos assim, mas que tem uma saída. Que você deve buscar ajuda, e não se sentir envergonhada, por que  não é sua culpa o que o outro faz.
Esse livro é um prova de resistência e superação, que aquece seu coração mesmo com todo o drama. A amizade dos três personagens é encantar qualquer um. Super indico esse livro, a autora Jennifer Brown, mas uma vez construiu uma história tensa, mas de forma tão simples, mas bem fechada que prende o leitor do inicio ao fim. 


Beijos até a próxima...





segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

RESOLUÇÕES DE ANO NOVO - DINHEIRO

Oi pockets!!
Quantas vezes você já chegou no fim do mês sem grana e revoltado pois o seu salário não deu??? ☹☹

Talvez você esteja meio como Becky Bloom do livro "Os delírios de consumo de Becky Bloom" ela é uma jovem que adora comprar. E por isso seu salário nunca é o suficiente.
Apesar de fictícia, a Becky reflete a realidade de muitas pessoas atualmente.
O problema é que na maioria das vezes a gente gasta muito mais do que ganha. Estoura o cartão de crédito e nossa vida financeira vai virando uma bola de neve até o momento em que ela nos engole.
E para não ficar como a Becky Bloom do livro, nós estamos determinados a mudar (eu também ), e agora vamos conhecer algumas dicas que podem te ajudar a esticar o seu salário e melhor ainda fazer ele render. 

A primeira coisa que temos de ter em mente é que antes de começar a gastar a é: Guarde 10% de tudo que ganhar para investir. Pode até parecer estranho mas na verdade quando você cria este habito, além de estar pensando no futuro criando um patrimônio, esta atitude te obriga a ser mais criativo ao longo do mês já que você a começa com um pouco menos.

E como fazer render os outros 90% que sobraram?
A segunda coisa a fazer é limitar a 30% do total da sua renda com os gastos do cartão de credito. Apesar de muito pratico, o cartão de credito pode ser o vilão das suas finanças. Manter vários cartões com limites maiores que a sua renda total e com vencimentos diferentes cria a falsa ilusão de que você tem uma renda maior do que realmente tem. Então se possível tenha apenas um cartão e controle todas as suas despesas para não ultrapassar os 30% da sua renda.

"Ao invés de ter um relacionamento com meu cartão de credito eu teno um relacionamento com alguém que me ama. E nunca me recusa."
(Filme  Os delírios de consumo de Becky Bloom)

Quando for comprar um bem de consumo, fuja das parcelas pequenas mas com juros altos. Compare o valor a vista com o valor a prazo. As vezes esperar um pouco e adquirir o produto a vista pode ser a melhor saída.

"Se você costuma gastar tudo que ganha o mais provável é que um aumento do dinheiro disponível apenas resulte em aumento de despesas."
(Pai rico pai pobre) 

Gastar mais do que você ganha pode fazer a sua vida virar uma loucura. Uma dica simples e anotar todos os gastos e desta forma descobrir onde esta o ralo das suas finanças. Quando você não sabe com o que gasta o seu dinheiro na maioria das vezes gasta mais do que poderia com coisas que você nem precisa. Fique atento a suas pequenas compras.

"Mantenha as suas despesas e débitos ao mínimo."
(Pai rico pai pobre) 

Se você assim como eu e louco por livros aqui vai uma dica valiosa, estabeleça a meta de só comprar um novo livro após ler pelo menos 5 dos que já estão na sua estante. A compra por impulso é aquela compra não planeja e ela pode ser vilão do seu dinheiro.

Manter uma planilha de controle das suas despesas pode te ajudar a manter a sua saúde financeira.

Reinvista os rendimentos das sua poupança. Reinvistir o que poupou resultará em um patrimônio para o futuro. Pesquise as melhores opções de investimento do mercado. Lembre´se que as máximas nem sempre são verdadeiras, que um imóvel só pode ser considerado investimento se não for a sua casa e sim um bem que você pode dispor.

"Tem de poupar e economizar para poder investir e ser rico."
(Pai rico pai pobre)

Espero que estas dicas te ajude a gerir melhor o seu dinheiro.
Me conta aí nos comentários se você gostou.
Beijos...